CÉU DA SEMANA | de 25 a 31 de julho de 2022

A última semana de julho pode ter muitas tensões na comunicação e com figuras de poder e autoridade. A Lua entra na fase Nova no dia 28 que marca o início da lunação de Leão e no mesmo dia Júpiter inicia o movimento retrógrado em Áries. Apesar de toda tensão e agitação, o fim de semana deve ser de mais otimismo e renovação das esperanças. A semana começa com a quadratura de Vênus com Júpiter que pede atenção aos excessos e gastos desnecessários. O ponto de grande alerta é a comunicação. A partir de terça muitos conflitos podem acontecer, principalmente para aqueles que gostam de impor as ideias. Mercúrio faz quadratura com Marte, Urano, o Nodo Norte e oposição a Saturno. Será importante ter cuidado com aquilo que diz, pois certamente essa semana ninguém vai querer levar desaforo pra casa. Se não quiser entrar numa briga, melhor guardar e não expor aquilo o que pensa. Exceto se for para intervir em alguma injustiça ou manter a sua posição em assuntos que são realmente importantes. Destaque para mensagens políticas, artísticas e de lideranças. O Sol faz trígono com Júpiter no domingo, último dia do mês e que pode ser o dia mais favorável da semana. Um novo ânimo, força e confiança para seguir com nossos objetivos. Vênus em quadratura com Quíron pode evidenciar feridas emocionais e dificuldades econômicas.


Segunda: Durante a madrugada a Lua fez trígono com Saturno que traz objetividade e maturidade. Mas pode haver confusão e dispersão durante a manhã e o início da tarde.

A Lua fez quadratura quadratura com Netuno e ficou vazia de curso às 05h16 e segue assim até ingressar em Câncer às 14h53. Vênus em quadratura com Júpiter pede atenção aos excessos e gastos desnecessários. Problemas domésticos, financeiros e nos relacionamentos podem ser administrados e solucionados com paciência.


Terça: A Lua em quadratura com Júpiter ainda pede atenção aos excessos e exageros emocionais. A Lua faz conjunção com Vênus que destaca as relações íntimas, familiares e os assuntos domésticos. Mercúrio em quadratura com Marte pode dificultar a comunicação. Conflitos, brigas, choque de ideias, discussões desnecessárias e muita impaciência podem atrapalhar as negociações. Inflexibilidade e teimosia. Não é um bom dia para tratar de assuntos delicados. À noite a Lua faz sextil com Marte que pode facilitar algumas iniciativas e encorajar algumas atitudes, mas ainda deve ser importante manter a ponderação quando for expressar a sua opinião.


Quarta: A comunicação ainda terá destaque nesta quarta, mas de uma forma mais fluida. Mercúrio faz trígono com Quíron que permite curar algumas feridas. Oportunidade de falar aquilo que machuca e assim buscar a cura. Como Mercúrio ainda faz aspectos tensos, pode ser desconfortável falar do que incomoda. A Lua em sextil com Urano favorece a criatividade e possibilita muitos insights. À noite a Lua faz trígono com Netuno em Peixes que aflora a sensibilidade, a intuição e a compreensão. Este aspecto suaviza as tensões e os conflitos que podem ocorrer. A Lua em oposição a Plutão evidencia medos, traumas e disputas de poder. Em seguida a Lua vai ficar vazia de curso a partir de 21h55 até ingressar em Leão durante a madrugada de quinta.


Quinta: A Lua ingressa em Leão durante a madrugada e traz mais ânimo, disposição e clareza. Às 14h56 a Lua entra na fase Nova que marca o início da lunação leonina. Este é o momento de plantar e intencionar novos projetos e ideias, principalmente aquelas que envolvam criatividade e desenvolvimento dos talentos. Momento de buscar mais alegria, prazer e descontração. Júpiter inicia o movimento retrógrado em Áries e até o dia 23 de novembro será o momento de rever planos e oportunidades que desejamos colocar em prática. Pode haver uma desaceleração do crescimento. Neste período Júpiter irá retornar ao signo de Peixes e situações inacabadas ou mal resolvidas na primeira quinzena de maio poderão ser resolvidas entre o final de outubro e meados de dezembro. Mercúrio em quadratura com Urano pode indicar choques na comunicação e também problemas com computadores, celulares, aplicativos e sistemas bancários. A Lua em trígono com Júpiter traz mais ânimo e confiança.


Sexta: O dia deve seguir com muita tensão. Mercúrio faz quadratura com o Nodo Norte e pode ser difícil dar andamento nos planos e projetos. O desafio será não desistir e seguir firme nos objetivos. A comunicação ainda vai precisar de atenção. A Lua faz quadratura com Marte e Urano que pode gerar irritação, instabilidade emocional e muita impaciência. Instabilidade que pode deixar os nervos à flor da pele. Não confie em todas as mensagens e informações que receber, será fundamental apurar todos os fatos. Criatividade, insights e mais estímulos na comunicação. A Lua em conjunção com Mercúrio reforça a necessidade de expor ideias e pensamentos.


Sábado: Durante a madrugada a Lua se opõe a Saturno e fica vazia de curso até ingressar em Virgem às 15h10. A manhã pode ser um pouco arrastada e improdutiva. Cobranças e dificuldades para colocar os objetivos em prática. Com a entrada da Lua em Virgem o astral vai ficar mais prático e analítico. A crítica também pode aumentar, mas a objetividade e a análise podem diminuir os conflitos de ideias. Para quem trabalha ou pretende organizar a vida prática, o dia pode ser muito produtivo. A noite pode não ser muito estimulante para a diversão. Cobranças e a pressão externa podem gerar desânimo. Aproveite para descansar. Mercúrio em oposição a Saturno sinaliza que a comunicação precisa de ajustes. Dificuldades para chegar a um consenso. Imposição de ideias, principalmente por líderes, figuras de autoridade. A classe artística pode usar a sua voz para auxiliar os grupos e ações coletivas. Na vida pessoal tente não ser tão rígido com os outros.


Domingo: O dia deve ser de mais leveza após uma semana de instabilidade, mudanças e dificuldades na comunicação. O Sol em trígono com Júpiter estimula a confiança, a fé e renova as energias. Um pouco mais de ânimo, diversão e esperanças. Os relacionamentos e as finanças pedem atenção. Vênus em quadratura com Quíron pode evidenciar dificuldades e feridas emocionais que ainda precisam ser curadas. O mês de julho termina com um pouco mais de otimismo, mas temos que estar consciente dos desafios que ainda deverão ocorrer até o final do ano. Agosto deve começar agitado.

0 visualização0 comentário